Cotidiano

Ônibus novos devem começar a rodar em abril e serão ao todo 100 veículos

Dez veículos devem ter ar-condicionado

Wendy Tonhati Publicado em 19/01/2017, às 14h03

None
onibus_1_0.jpg

Dez veículos devem ter ar-condicionado

Depois de o prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciar, na última quinta-feira (19), a chegada de ônibus novos para o transporte coletivo de Campo Grande, ainda no primeiro trimestre de 2017, a Prefeitura informou que, ao todo, serão 100 novos veículos rodando na Capital. A primeira leva, com 80 veículos, deve ir para as ruas em abril. 

Em novembro, o então Prefeito Alcides Bernal (PP) divulgou a renovação da frota por meio do programa pró-transportes. O Consórcio Guaicurus deve arcar com o investimento de R$ 26 milhões. Do total, aproximadamente dez devem ter ar-condicionado ou climatizadores. 

Conforme a Prefeitura de Campo Grande, o Consórcio Guaicurus vai fazer um teste com os dois modelos para ver qual será o mais adequado para as próximas substituições da frota. Outros detalhes sobre os modelos dos veículos não foram divulgados pelo Executivo. 

De acordo com informações apuradas pelo Jornal Midiamax, em 2016, documentos ligados à frota que atende o transporte coletivo de Campo Grande, revelavam que 42 veículos precisavam ser retirados das ruas em 2016. Isso porque eles completariam dez anos de circulação, prazo máximo para a manutenção dos mesmos nas vias da cidade. Com isso, parte dos novos ônibus poderá ser usada para substituir os 'vencidos'. 

A Prefeitura ainda tenta destravar  R$ 141,1 milhões de obras do PAC Mobilidade Urbana para a construção de quatro novos terminais de transbordo, que são prometidos aos moradores de Campo Grande desde 2011. Ainda há a previsão de implantação de 60 quilômetros de corredores do transporte coletivo e reforma do Terminal Morenão. 

Os novos terminais devem ser construídos na Avenida Ministro João Arinos (Terminal Tiradentes); na Avenida dos Cafezais – saída para São Paulo (Terminal Cafezais); região da Avenida Tamandaré (São Francisco) e no conjunto Parati. 

Frota

A frota dos ônibus do transporte coletivo em Campo Grande não tem apresentado grande evolução no número de veículos. Conforme dados da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), em dez anos, entre 2004 e 2014, o número de ônibus não saiu da casa dos '500'. Eram 511 veículos em 2004 e passou para 583 em 2014. Dados da página do Consórcio Guaicurus indicam que a frota aumentou para 593 veículos em 2015/2016.

Jornal Midiamax