Cotidiano

Imobiliária leva multa de R$ 100 mil por degradar área de córrego

Loteamento estava sendo instalado no local

Tatiana Marin Publicado em 10/06/2017, às 20h48

None

Loteamento estava sendo instalado no local

Uma imobiliária foi multada em R$ 100.000,00 por degradar áreas protegidas de um córrego próximo ao perímetro urbano de Sidrolândia, município 70 quilômetros distante de Campo Grande. Após denúncias, uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande fez vistoria no local onde está sendo instalado um loteamento.

Com verificação visual e pelas imagens de um drone, os policiais ambientais verificaram que, com uso de máquina, a empresa realizou a remoção de vegetação, afetando as nascentes do córrego Cortado, que corta o loteamento. Havia inclusive escavações e tubulações já enterradas, cortando a área da nascente. No total foram 1,2 hectares de área degradada. As atividades foram embargadas.

Imobiliária leva multa de R$ 100 mil por degradar área de córrego

A infratora foi notificada a realizar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax