Cotidiano

Bombeiros usam oxigênio para salvar gatinho em residência incendiada

Animal está bem 

Clayton Neves Publicado em 20/01/2017, às 20h28

None
7058121a-238d-4ceb-b4ee-631e4531ae84.jpg

Animal está bem 

O gato da família que teve a casa incendiada na tarde desta sexta-feira (20), também ficou de ferido e precisou de atendimento depois de inalar fumaça. Para salvar o bicho de estimação, equipe do Corpo de Bombeiros utilizou oxigênio para fazer o resgate do animal.

Conforme informações dos bombeiros, quando entraram na residência, o gato estava acuado em um canto do local. “Ele estava quase morrendo porque havia inalado muita fumaça”, disse uma militar.

Após ser resgatado o bicho foi levado para uma viatura do Corpo de Bombeiros onde recebeu oxigênio. Ele passa bem.

O incêndio

Mãe e filha ficaram feridas durante um incêndio em uma vila de casas, na Rua 15 de Novembro, na tarde desta sexta-feira (20), em Campo Grande.  As vítimas sofreram queimaduras de 3º grau e foram identificadas como Jéssica Gomes Batista, de 34 anos, e Ismaelita Gomes Batista, de 71 anos. O corpo de Jéssica ainda estava em chamas, quando populares arrombaram a porta.

As duas foram levadas à Santa Casa em estado grave pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo apurado pela reportagem, Jéssica é deficiente intelectual e Ismaelita portadora do Mal de Parkinson. A cuidadora das vítimas, identificada como Valmerina Ferreira Rosa,  havia acabado de sair da casa quando o incêndio começou.

Jornal Midiamax