Cotidiano

Abertura de rua deve desafogar trânsito e permitir novo acesso à UCDB

Obra ficou quatro meses parada

Midiamax Publicado em 12/05/2017, às 14h17

None

Obra ficou quatro meses parada

Projeto de R$ 14,8 milhões, que conta com a execução de 10 quilômetros de pavimentação e sete de drenagem, inclui abertura de rua que deve desafogar o trânsito e garantir novo acesso à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), em Campo Grande.  As obras ficaram paradas por quatro meses e foram retomados há dois meses. 

Conforme informações da Prefeitura, a drenagem prevista na obra foi finalizada, mas ainda faltam 30% de pavimentação. O  novo acesso à universidade foi incluído na Etapa A da pavimentação do Jardim Seminário.Abertura de rua deve desafogar trânsito e permitir novo acesso à UCDB

De acordo com o projeto, o trecho que segue da Marechal Câmara terá 1,5 km e garantirá terceira opção aos estudantes. Atualmente os acadêmicos utilizam os acessos da Avenida Tamandaré a Rua Cardeal Arcoverde.

As equipes iniciaram os trabalhos para a aplicação da base do pavimento na primeira quadra da Marechal Câmara, que começa na rua Tenente Lira. Já na terceira quadra será realizada a expansão da rede de esgoto, em um trecho da Rua Juliana, antes de preparar a pista para pavimentação. 

De acordo com  a Prefeitura a etapa A, que compreende a pavimentação e drenagem do Jardim Seminário, é uma das 25 frentes de  obras que contam com recursos do PAC (Programa de Aceleração e Crescimento) – Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas – no valor de R$ 311,7 milhões, financiamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e contratado pela  Prefeitura em 2014.

Jornal Midiamax