Cotidiano

VÍDEO: temporal alaga salas de escola municipal em Campo Grande

Prefeitura ainda não se posicionou 

Midiamax Publicado em 26/10/2016, às 21h22

None
captura_de_tela_de_2016-10-26_18-15-48.jpg

Prefeitura ainda não se posicionou 

O temporal que atingiu Campo Grande na tarde desta quarta-feira (26) confirmou a previsão dos serviços de meteorologia, mas provocou diversos estragos em poucos minutos. A quantidade de água nas ruas provocou acidentes e alagou até salas da Escola Municipal Elpídio Reis.

Conforme a mãe de um aluno, que preferiu não se identificar, o problema se arrasta por anos. "Há mais de anos durante os dias de chuva a escola inunda, resultado de tanta corrupção, descaso, mau planejamento. E quem sofre é a comunidade", desabafou a familiar.

Segundo ela, a chuva começou no horário da saída e pegou todos de surpresa. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) já tinha dado alerta para as fortes rajadas de vento e descargas elétricas, para esta quarta-feira.

O Jornal Midiamax indagou a assessoria da Prefeitura sobre o problema, mas ainda não obteve posicionamento. Também não há informação sobre suspensão das aulas.

Alagamentos foram registrados em várias regiões da cidade. Na Avenida Mato grosso, a água invadiu canteiros, derrubou motos e um bueiro já 'estourou'. Também há registro no bairro Tiradentes, no Santo Antônio e no Estrela Dalva. No Conjunto José Abrãao uma casa ficou alagada, no Bairro Piratininga queda de árvore, na Rua 13 de Maio queda de fio de energia elétrica, segundo coordenador da Defesa Civil, Walmir Barbosa Lima.

O temporal chegou três dias depois da chuva forte, no domingo (23), que provocou estragos na cidade toda e deixou sete bairros sem energia.

A chuva também derrubou a visibilidade e o Aeroporto Internacional de Campo Grande passou a operar por instrumentos, na tarde desta quarta-feira (26). 

Assista ao vídeo:

Jornal Midiamax