Cotidiano

Teve a água cortada por não receber fatura? Saiba como proceder

Procon orienta consumidores 

Midiamax Publicado em 08/08/2016, às 15h41

None
c49ea196-036d-41d2-9af6-31291044d763_ok_ok_.jpg

Procon orienta consumidores 

Problema no envio de fatura deixou uma família sem abastecimento de água no Conjunto Aero Rancho, na região sul de Campo Grande. O morador diz que a caixa de correio fixada no muro da residência é ignorada pelos leituristas que nem sempre deixam a conta no local. A superintendente do ProconMS (Superintendência de Defesa do Consumidor), Rosimeire Cecília da Costa, explica que a reclamação é aceita quando a empresa não informa que há conta em atraso.

Leitor do Jornal Midiamax, que preferiu não se identificar, explica que há algum tempo passou a ter problemas para receber as faturas.

"Tem meses que entregam normalmente e outros que não entregam. Em maio, por exemplo, não entregaram, mas recebemos normalmente as contas seguintes e pagamos, mas esquecemos daquela. Agora tivemos a água cortada porque não recebemos a fatura. Imagina se fizerem isso com várias pessoas o quanto vão ganhar com religação?" questiona.

O morador diz que registrou reclamação sobre o problema de recebimento de fatura, porém, foi informado de que as contas são entregues na casa de vizinhos, o que não foi confirmado pelos moradores da região.

"Eu liguei na ouvidoria para reclamar porque não pode continuar assim. Uns meses recebo a conta e em outros não, mas eles dizem que estão entregando nos meus vizinhos. Perguntei e disseram que não receberam nada. É complicado assim. Eles não têm de entregar em vizinho, tenho caixa de correio para receber a conta em casa", frisa.

A superintendente do ProconMS (Superintendência de Defesa do Consumidor), Rosimeire Cecília da Costa explica que a concessionária tem a obrigação de informar na fatura seguinte, e em destaque, que há conta em atraso e caso isso não ocorra, o consumidor deve registrar a reclamação no Procon para que a situação seja apurada. 

Caso o serviço seja interrompido e não haja aviso da empresa, o valor pago pela religação deve ser ressarcido e o consumidor pode entrar na justiça com ação de danos morais e patrimoniais, se comprovar que houve perdes por conta do corte. Porém se a concessionária informou o atraso, o consumidor deve se atentar ao pagamento, considerando que a empresa disponibiliza a segunda via da fatura, no site e/ou email do cliente. 

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria de comunicação da Águas Guariroba, empresa responsável pelo abastecimento de água em Campo Grande e foi informada de que equipes responsáveis vão verificar a denúncia.

Jornal Midiamax