Cotidiano

Sonda de alimentação se rompe e idosa vive agonia à espera por atendimento no HR

Paciente passou mal em casa

Midiamax Publicado em 19/09/2016, às 20h58

None
81b77d97-4545-4d02-a361-acc501b39a91.jpg

Paciente passou mal em casa

Com Alzheimer, Conceição Cordoval, de 79 anos, passa por momentos de agonia a espera por atendimento no Hospital Regional Rosa Pedrossian, em Campo Grande. Acompanhada de duas filhas, de 54 e 63 anos, a paciente chegou ao PAM do hospital, às 12h30 e até às 17h não havia recebido atenção médica.

Conforme a filha, Irene delmondes, de 63 anos, a mãe passou mal em casa depois que a mangueira da  gastrotomia ( abertura do estômago) se rompeu.

"Fomos ao El Kadri, onde ela possui convênio, mas eles orientaram a procurar o Regional, onde foi feita a cirurgia dela. Nós vamos perguntar para as atendentes e falam 'bravo' com a gente. Ela só passou pela triagem, mas até agora não teve nenhum tipo de atendimento médico", disse.

O Jornal Midiamax indagou a assessoria de imprensa do Hospital sobre a situação e qual a regra de atendimento adotada pela unidade, mas não obteve respostas.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as informações ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax