Cotidiano

Sem salário, servidores do Estado reclamam de juro em cartão de crédito

Data do vencimento só pode ser alterada pelo Estado

Midiamax Publicado em 01/08/2016, às 18h43

None
7492af42-0c0f-47d6-8cf7-b811f0ca3c5a_editada.jpg

Data do vencimento só pode ser alterada pelo Estado

Acostumados com a antecipação do pagamento durante anos, servidores de Mato Grosso do Sul e usuários do cartão BMG têm enfrentado problemas com a mudança do depósito, que passou a ser feito até o quinto dia. O cartão tem o vencimento programado para todo dia primeiro e com a alteração de data, trabalhadores com fatura vinculada ao salário passaram a pagar juros.

A realização do pagamento até o quinto dia útil do mês é garantido por lei, o problema é que os usuários do cartão não conseguem alterar a data de vencimento de suas fatura no banco.

Um servidor que preferiu não se identificar disse que fez o cartão há quatro anos. Ele ressalta que desde que o depósito foi estendida passou a pagar juros e não consegue mudar a data de vencimento.

"Esse cartão tem só a metade dos juros dos outros cartões de crédito. O problema é que minha fatura é vinculada ao meu salário, se não há depósito no dia 1º pago juros na próxima fatura. Entrei em contato com o banco para mudar a data do vencimento e eles me informaram que não podem trocar porque o cartão é vinculado ao Estado e apenas o governo pode fazer a alteração", relata.

O usuário pontuou, que apesar do juros do cartão BMG ser de apenas 5%, já chegou a pagar R$ 87 reais de encargos. "As taxas são metade de um cartão normal, pois realmente é facilitado poara o servidor, mas a data realmente vai passar a ocorrer depois do dia 1º é preciso que o estado troque a data", finalizou.

O Jornal Midiamax indagou a assessoria de imprensa do Governo do Estado, que informou que a secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD) vai estudar a troca da data do vencimento do cartão cidadão para o 5º dia útil de cada mês, para garantir que não haja prejuízos aos servidores do Estado. 

A Feserp (Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do Estado de MS), reiteirou que a questão da data de vencimento do cartão BMG junto ao pagamento deve ser equacionada para que os servidores não continuem sendo prejudicados.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

(Matéria editada às 16h56 para inclusão de informações)

Jornal Midiamax