Cotidiano

Mulher afirmar ter passado por humilhações durante espera no INSS

Mãe da denunciante teve uma crise por causa do estresse

Kemila Pellin Publicado em 21/01/2016, às 19h35

None
img-20160121-wa0003.jpg

Mãe da denunciante teve uma crise por causa do estresse

A auxiliar administrativa Sandra Anunciação, de 28 anos se revoltou diante da situação a qual sua mãe, uma senhora de 52 anos, que sofre de depressão severa e síndrome do pânico, foi exposta em uma agência do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), na Rua 26 de Agosto.

Segundo ela, as duas foram humilhadas pelos funcionários do local, que além de não autorizar a presença da filha na sala de espera do consultório, mandaram que ela e a mãe ficassem esperando do lado de fora da agência. “Eu não tenho conhecimento de nenhuma lei que me proíba de acompanhar minha mãe, ainda mais ela tendo problemas de saúde. Ela não consegue ficar sozinha em um local fechado e eu só queria garantir o mínimo de conforto para ela, mas não foi possível”, afirmou Sandra.

Ainda segundo a auxiliar, depois que foram 'expulsas' da sala de espera, ela e a mãe sentaram no chão do corredor, porque a espera pelo atendimento durou mais de uma hora. Indignada, ela começou a registrar a situação com fotos tiradas pelo celular, mas um segurança chegou e jogou sobre a moça um papel com o aviso: 'é proibido o uso de aparelhos de telefonia celular nesse local'. “Não tinha nenhum aviso no local. Ele me viu tirando foto e do nada voltou com esse papel e jogou em cima de mim”, relata.

Para completar o pacote de 'bom atendimento', uma terceira servidora, responsável pela limpeza do prédio, começou a limpar o local onde estavam, obrigando as duas a se levantarem e aguardarem em pé. “Eu fiquei revoltada, porque eu nem pedi para entrar na sala da perícia, apenas para aguardar na sala de espera. Isso não existe. Vamos entrar com um processo por danos morais”.

Diante da situação estressante, a mãe de Sandra acabou tendo uma crise e nem sequer conseguiu assinar o laudo emitido pelo médico, precisando usar a digital. “Eu nunca imaginei passar por isso. Eu precisei faltar o serviço para vir até aqui e não deixar minha mãe sozinha e fazem uma coisa dessas. É absurdo”, finalizou.

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax tentou contato com o INSS por telefone, mas não obteve respostas.

Perícia Médica

A perícia médica  é realizada pelo INSS para verificar se o requerente tem direito ou não ao beneficio. No caso da fonte citada, ela precisa passar pelos reexames de tempo em tempo para comprovar que ainda não tem condições de trabalhar.

Jornal Midiamax