Cotidiano

Médicos faltam e interrompem atendimento na UPA Leblon

Sesau afirma ter solicitado reforço

Midiamax Publicado em 22/10/2016, às 12h45

None
upa_leblon_22-10-2016.jpg

Sesau afirma ter solicitado reforço

Falta de três médicos provocou a interrupção do atendimento ambulatorial na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon, na manhã deste sábado (22). Segundo relatos de pacientes, que se acumulam no saguão de espera, até às 9 horas de hoje ninguém havia passado por consulta. 

Escala divulgada pela Sesau (Secretaria de Saúde Pública) revela que cinco clínicos gerais estavam escalados para atender na unidade durante a manhã de hoje, porém, os pacientes afirmam que apenas dois estão no local, no entanto, nenhum foi disponibilizado para o atendimento ambulatorial.

Questionada sobre o problema, a assessoria de comunicação da Sesau confirma que três profissionais faltaram o trabalho e explica que os outros dois estão atendendo os pacientes das alas vermelha e amarela e que por esta razão ainda não há atendimento no ambulatório.

A assessoria de comunicação da Sesau também afirma que o reforço foi solicitado à unidade móvel e que o atendimento será normalizado ainda no período da manhã.

Jornal Midiamax