Cotidiano

Licitação de empreiteira para tocar obras do Hospital do Trauma pode durar 60 dias

Promessa é de que obras estejam concluídas até o Natal

Kemila Pellin Publicado em 26/01/2016, às 20h23

None
_mg_5638_copy.jpg

Promessa é de que obras estejam concluídas até o Natal

As obras do Hospital do Trauma de Campo Grande ainda aguardam a conclusão da fase de licitação, para contratação de empreiteira que deve executar o serviço a partir de agora. O processo pode durar até 60 dias, o que daria ao governo do Estado apenas nove meses para entrega do prédio, já que o governador Reinaldo Azambuja garantiu que o tudo estará funcionando até o Natal deste ano.

A promessa foi feita durante a visita do ministro de Saúde Marcelo Castro, no início do mês. Na ocasião eles assinaram um documento para a licitação de retomada das obras, paradas desde 2012, além de definirem ações de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti e celebrarem a conclusão das obras Hospital de Câncer Alfredo Abraão.

Presente de Natal

O governo do Estado, a Prefeitura e a Santa Casa ainda se comprometeram a dar presente de Natal para os trabalhadores, se a obra for concluída dentro do prazo estipulado.

A obra terá um investimento de R$ 8 milhões, com participação dos três poderes. O documento foi assinado pelo governador do Estado, pelo ministro da Saúde Marcelo Castro e pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, durante evento voltado para discussão de as ações de saúde em Mato Grosso do Sul.

Ainda segundo o governador, o novo hospital vai contar quase 10 mil internações por ano, sendo 500 de alta complexidade e nove mil cirurgias/ano. O projeto também prevê uma quantidade mínima de 140 leitos, sendo 10 para CTI (Centro de Terapia Intensiva).

Jornal Midiamax