Cotidiano

Há 20 dias sem merenda, alunos realizam protesto em frente a escola

Escola informou que a licitação já está aberta

Ana Paula Chuva Publicado em 01/09/2016, às 20h15

None
escola_edicao.jpg

Escola informou que a licitação já está aberta

Os alunos do oitavo ano da Escola Estadual Semíramis C.B. Rocha, fizeram protesto contra o governo, na manhã desta quinta-feira (1º). A escola fica no município de Coxim, na região norte do Estado e está há 20 dias sem merenda.

Com faixas e cartazes os alunos se reuniram em frente a escola que fica na Rua Pontal, vila Santa Clara, seguindo por algumas ruas do bairro, chamando atenção de quem passava.

Segundo o site Edição de Noticias, os estudantes se recusaram a assistir as aulas não estavam acompanhados por adultos ou um representante, em razão disso a escola acionou o conselho tutelar para acompanhar o caso.

Ainda de acordo com o site Ivanir Alencar, representante da direção da escola informou por telefone que os alunos não procuraram a escola antes de realizar o protesto. Ela explicou que o processo de licitação da merenda deve ser concluído nesta sexta-feira (2) e será encaminhado para o Governo do Estado até a terça-feira (6) para ser analisado e então ocorra a liberação.

Outro lado

A SED (Secretaria Estadual de Educação) informou que a compra da merenda escolar é descentralizada. Ou seja, quem adquire os alimentos é própria direção da escola. Conforme a Secretaria, o dinheiro foi depositado no dia 15 de agosto e estava à disposição do diretor no dia 17. 

Porém, houve uma falha no processo de licitação feito na escola e a merenda ainda não foi comprada. A SED informou ainda que não sabia da falta de merenda e que na próxima sexta-feira (2), vai tomar as providências para 'socorrer' os alunos. (Matéria editada às 18h50 da quinta-feira (1°) para a inclusão do posicionamento da SED).

Jornal Midiamax