Cotidiano

Governo cria comitê técnico de combate ao Aedes aegypti em MS

Resolução foi publicada no Diário Oficial do Estado 

Midiamax Publicado em 25/01/2016, às 12h16

None
zika.jpg

Resolução foi publicada no Diário Oficial do Estado 

Após a classificação pelo Ministério da Saúde de Espin (Estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional) – Microcefalias, o governo do Estado de Mato Grosso do Sul resolveu criar o Comitê Técnico de Combate ao vetor Aedes aegypti, conforme publicação feita nesta segunda-feira (25), no Diário Oficial do Estado. A medida visa articular esforços no enfrentamento da epidemia da dengue, chikungunya e vírus Zika.

De acordo com a resolução, a criação do Comitê considera os mil casos de microcefalias detectados em bebês nascidos nos estados do nordeste do Brasil, fato que determinou a classificação de Estado de Emergência em todo país.

Entre as atribuições do Comitê, estão o auxilio dos gestores municipais na definição de políticas públicas para combater o mosquito, além do planejamento e organização de serviços, acompanhamento e avaliação das ações. Ainda cabe ao Comitê estabelecer as diretrizes na elaboração de um plano de contingência.

Conforme a publicação, os membros do Comitê Técnico serão indicados, juntamente com um suplente, pelos órgãos, entidades ou classes que representam e nomeados pelo Secretário Estadual de Saúde, para um mandato de 1 ano, sendo permitida a recondução por mais um mandato consecutivo.

A resolução entra em vigor na data da publicação. 

Jornal Midiamax