Cotidiano

Empresa doa palmeiras imperiais à Prefeitura como compensação ambiental

Valor das plantas pode chegar até R$ 15 mil 

Kemila Pellin Publicado em 26/01/2016, às 21h11

None
_mg_5606_interna.jpg

Valor das plantas pode chegar até R$ 15 mil 

A Plaenge Empreendimentos – Construtora e Incorporadora doou três palmeiras imperiais a Prefeitura de Campo Grande como forma de compensação ambiental devido as obras realizadas na cidade. A planta em questão pode ser comercializada até R$ 15 mil, dependendo do altura, porte e condições de preservação.

As árvores, de aproximadamente 7 metros, foram plantadas no canteiro central da Avenida Afonso Pena, bem em frente a construção de um edifício de apart-hotel.

A Prefeitura explicou que o local foi escolhido e delimitado por um agente fiscal de meio ambiente da Semadur, tendo como orientações fatores técnicos como espaço adequado para o plantio e a utilização de equipamentos necessários para tal.

As regras de compensação ambiental são elencadas no Plano Diretor de Arborização Urbana Lei Complementar n. 184 e regulamentada pelo Decreto n. 11.971.

Jornal Midiamax