Cotidiano

Em greve, servidores organizam churrasco em frente à Prefeitura

Proposta de 9,57% não foi aceita pela categoria

Midiamax Publicado em 04/04/2016, às 17h45

None
prefeitura.jpg

Proposta de 9,57% não foi aceita pela categoria

Sem posição do prefeito Alcides Bernal (PP), sobre a contraproposta apresentada pelo Sisem (Sindicato dos Servidores Públicos de Campo Grande), na última sexta-feira (1º), os trabalhadores do setor administrativo organizam um churrasco para a próxima quarta-feira (6), em frente a Prefeitura de Campo Grande. Amanhã (5), as categorias voltam a Câmara Municipal e a greve deve continuar.

No último dia (31), o prefeito Alcides Bernal apresentou proposta onde ofereceu 9,57% de reajuste. O aumento seria integral para categorias de 1 a 7 e em duas parcelas para as de 8 a 10, uma em maio e outra em dezembro.

O valor não foi aceito pelos trabalhadores, que no dia seguinte (1º), apresentaram uma nova proposta. Desta vez, dos 15 itens revindicados por profissionais da área da educação, apenas cinco permaneceram e com edições.

Agora, os trabalhadores pedem 11.6% de aumento linear sem que haja parcelamento, R$ 110 de vale alimentação, 65% o pró-funcionário e 15% de aumento referente a planos de cargos e carreiras e insalubridade para as merendeiras, já que as que são contratadas por empresas terceirizadas recebem e as concursadas do município não.

A nova proposta foi protocolada no gabinete da prefeitura e o documento foi recebido pelo secretário de governo, Paulo Pedra que pediu prazo até hoje (4), para apresentar contraposta do Executivo.

Porém, de acordo com o presidente do Sisem, Marcos Tabosa, até o momento nenhuma posição da prefeitura foi enviada ao sindicato e os trabalhadores continuarão em greve. “Amanhã, as categorias voltam a câmara e na quarta-feira (6), faremos um churrasco em frente a Prefeitura. Ele vai ter que aprender a respeitar servidor”, diz Tabosa, presidente do SISEM.

(Sob supervisão de Marta Ferreira)

Em greve, servidores organizam churrasco em frente à Prefeitura

Jornal Midiamax