Cotidiano

Com registro de mortes por H1N1 cidade de MS compra 12 mil vacinas e inicia imunização

59% da população será imunizada

Gerciane Alves Publicado em 24/06/2016, às 11h34

None
gripe-h1n1.jpg

59% da população será imunizada

Com dua mortes registradas por H1N1, a prefeitura de Bataguassu, cidade a 335 quilômetros de Campo Grande iniciou nesta terça-feira (23) através da Secretaria Municipal de Saúde, a aplicação das vacinas contra a Influenza (vírus H1N1) no município. Doze mil doses do medicamento foram adquiridas pela administração municipal na última semana e atenderá mais de 59% da população.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso, as doses chegaram ao município na quarta-feira (22) e inicialmente, conforme cronograma, serão disponibilizadas nas instituições escolares municipais, estaduais e particulares, beneficiando todo corpo docente, discente e demais servidores que ainda não foram imunizados. “Começamos o trabalho nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) “Ênio Martins”, “Casa da Vovó Diva” e na creche Pura Pagani, beneficiando os profissionais locais”, disse a secretária.

Maria Angélica explica que a partir de segunda-feira (27), o trabalho prosseguirá no restante das unidades escolares e empresas privadas, além do público de risco (idosos, gestantes, puérperas, profissionais de saúde, doentes crônicos), que por ventura ainda não foram imunizados durante a campanha nacional desenvolvida entre abril e maio deste ano. Para esse público, a vacina estará disponível na sede da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Avenida Porto XV de Novembro, 775, das 8 às 12 horas; e das 14 às 17 horas.

A chefe da pasta esclarece que na mesma semana, um calendário especial de imunização contemplando o restante da população será divulgado. “Provavelmente, já iniciaremos as vacinações na próxima semana, em horário especial, oferecendo aos moradores a comodidade de estarem sendo imunizados no período noturno, principalmente devido muitos trabalharem durante o horário de atendimento da Secretaria. É importante lembrar que as vacinas foram adquiridas pelo município e serão repassadas aos residentes do município, por isso, não há motivos para correria ou mesmo apreensão”, pontua ela.

Prevenção

Mesmo com a imunização de boa parte da população a Secretaria Municipal de Saúde volta a alertar a comunidade para que se previna contra a Influenza, tomando alguns cuidados. São eles: Higienizar as mãos com frequência; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal; evitar aperto de mãos, abraços e beijo social; reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração; e visitas a hospitais. É recomendado ainda ventilar os ambientes.  

Jornal Midiamax