Cotidiano

Com dectetores de metal e 918 fiscais, 18 mil fazem no domingo concurso da Assembleia

Primeiro processo seletivo da casa

Ana Paula Chuva Publicado em 23/09/2016, às 20h46

None
alms_24.jpg

Primeiro processo seletivo da casa

As provas do primeiro concurso público de provas e títulos da Assembleia Legislativa da Mato Grosso do Sul, serão realizadas neste domingo (25). Por medida de segurança, durante a aplicação das provas serão utilizados detectores de metais nas salas de forma aleatória e nas dependências do local, a qualquer momento. No total 918 fiscais e 65 coordenadores acompanhando os 18.040 candidatos.

Para os cargos de nível médio, os candidatos deverão comparecer aos locais de prova no período da manhã e os candidatos aos cargos de nível superior as provas serão aplicadas no período da tarde. O concurso é de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas e são 80 vagas para provimento do quadro permanente.

São 13.079 candidatos aos cargos de nível médio que deverão se apresentar às 8h (horário de MS). Os portões serão fechados às 8h30 e a prova terá duração de quatro horas. No total serão 44 coordenadores e 687 fiscais para o período, segundo informações da ALMS.

Ainda de acordo com a Assembleia, para as vagas de ensino superior são 4.961 candidatos, que deverão comparecer no local de prova às 14h (horário de MS). Os portões serão fechados às 14h30 e a prova também terá duração de quatro horas. Para o período serão 231 ficais e 21 coordenadores acompanhando o exame.

Os candidatos deverão comparecer ao local de realização da prova portando caneta esferográfica de material transparente (tinta preta ou azul). A identificação dos candidatos serão conferida mediante apresentação de documento de identidade e cópia manuscrita da frase que consta das instruções da capa do caderno de questões, para exame grafotécnico. Para consultar o local de provas o candidato por clicar aqui.

Não será permitido o uso de lápis, lapiseira, marca texto ou borracha. A Fundação Carlos Chagas, recomenda aos candidatos que não sejam levados quaisquer tipos de aparelhos eletrônicos ou de comunicação (telefone celular, tablets, notebook, smartphones ou similares), protetores auriculares e fones de ouvido.

Caso seja necessário portar algum desses aparelhos eletrônicos, eles serão acondicionados, no momento da identificação, em embalagem específica a ser fornecida pela Fundação Carlos Chagas. Após lacrada a embalagem deverá permanecer embaixo da mesa/carteira durante prova.

Ao todo, 18.040 pessoas se inscreveram ao concurso da ALMS, sendo 148 candidatos com deficiência, 595 negros e 37 indígenas, para os 21 cargos distribuídos entre nível médio e nível superior. A divulgação do gabarito e das questões das provas objetivas deverão estar disponíveis no site da FCC dia 28 de setembro.

Candidatas lactantes

A candidata que necessitar amamentar durante os testes terá uma sala reservada, desde que faça o requerimento. Durante a prova a criança ficará em local reservado acompanhada de adulto responsável indicado pela mãe.

Nos horários previstos, a candidata poderá se ausentar temporariamente da sala de provas acompanhada de uma fiscal. Vale ressaltar que não haverá tempo de compensação.

Resultados e recursos

O resultado preliminar das provas objetivas deverá ser publicado no dia 4 de novembro de 2016. Os recursos poderão ser apresentados nos dias 7 e 8 de novembro. Dia 18 de novembro deverá ser publicado o resultado definitivo da prova objetiva, para todos os cargos, e a convocação para entrega de títulos, para os cargos de nível superior. A publicação do resultado final, para os cargos de nível superior, está prevista para o dia 27 de dezembro.

Jornal Midiamax