Cotidiano

Com aumento de passagem, moradores de Terenos organizam carona solidária

Ideia é economizar com transporte

Midiamax Publicado em 16/03/2016, às 16h44

None
1557555_972491052858332_7731950539177761090_n.jpg

Ideia é economizar com transporte

A notícia do aumento da passagem do ônibus intermunicipal que faz o trajeto Terenos/Campo Grande, surpreendeu moradores do município localizado a 28 quilômetros da Capital. Nesta quinta-feira (16), a tarifa que antes custava R$ 6,50, agora custa R$ 7,80. A diferença de R$ 1,30 foi criticada pela população local que já está se organizando em caronas solidárias.

“Essa é a ideia já que muitos trabalham em Campo Grande. Vai ser o jeito. Para enfrentar o aumento, cada um vai ter de se ajustar”, justifica o bibliotecário Jônis Pereira Marques, de 30 anos, que trabalha em Campo Grande.

Marques afirma que mensalmente faz pelo menos 22 viagens diárias para trabalhar na Capital. “De segunda a sexta-feira eram R$ 13,00 por dia e agora são R$ 15,60, ou seja, R$ 343,20 por mês. É um absurdo. Muitos moradores de Terenos utilizam o transporte público para trabalhar em Campo Grande”, reclama.

Marques ressalta ainda que a empresa não oferece horários flexíveis. “Retiraram o ônibus das 19 horas. Os horários de retorno não são muito bons para o trabalhador”, lamenta.

As caronas solidárias ainda não começaram. A população está se organizando nas redes sociais. “Estamos falando disso em um grupo no Facebook e no WhatsApp. A cidade tem uma população unida”, destaca.

O aumento, conforme as informações não foi divulgado com antecedência. A equipe de reportagem do Jornal Midiamax tentou falar com a empresa Expresso Mato Grosso, responsável pelo transporta, mas as ligações não foram atendidas.  

Jornal Midiamax