Cotidiano

Brasil envia reforço às tropas do Minustah no Haiti

Um avião da Força Aérea Brasileira saiu de Brasília para o Haiti

Midiamax Publicado em 17/10/2016, às 19h12

None
capa_haiti_fundo_-9.jpg

Um avião da Força Aérea Brasileira saiu de Brasília para o Haiti

O Brasil vai enviar reforços para as tropas da Minustah (Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti). Um avião da Força Aérea Brasileira saiu de Brasília para o Haiti, nesta segunda (17), com 18 toneladas de material de manutenção e 62 militares da Marinha e do Exército. As informações são da Agência Brasil.

Os militares vão agir na manutenção de equipamentos de informática, saúde, armamento, refrigeração e viaturas da missão. As tropas ocupam o Haiti desde 2004. O governo afirma que os militares ‘nas áreas mais violentas do país caribenho, além de prestar apoio às atividades de assistência humanitária e de fortalecimento das instituições nacionais daquele país’.

Alguns dos integrantes, de acordo com a Agência Brasil, estão sendo remanejados da sede da missão – na capital Porto Príncipe – para os locais mais devastados pelo furacão, no sudoeste do país. Eles atuam na recuperação de estradas e pontes e na segurança de comboios humanitários.

“Essa é a terceira missão do esquadrão Corsário para o Haiti com o Boeing 767, uma aeronave de transporte pesado que entrou em operação na unidade em julho desse ano. Duas missões, contando com a atual, foram de apoio de manutenção e uma de ajuda humanitária. Na última sexta-feira (14), o esquadrão transportou 120 barracas para o Haiti em apoio aos desabrigados”, informa a Agência Brasil.

Doações

O furacão Matthew atingiu a região sul do Haiti com ventos de até 240 quilômetros por hora, destruindo casas, arrancando postes, árvores e antenas e provocando inundações. Mais de 2,1 milhões de pessoas foram afetadas e 1,4 milhão necessitam de ajuda humanitária.

Além disso, os estragos provocaram o aumento de outras calamidades do país, conforme alertam as autoridades. O número de casos de cólera, por exemplo, registrou aumento significativo. Cerca de mil pessoas já morreram da doença e de outras epidemias. O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon lançou um apelo de assistência à comunidade internacional no valor de US$ 120 milhões.

A Embaixada do Haiti no Brasil disponibilizou uma conta para doações: Banco do Brasil, agência 1606-3, conta-corrente 982.054-X.

Jornal Midiamax