Cotidiano

Após flagrante de motorista bêbado, empresa de transporte escolar se reúne com prefeitura

Reunião ocorre na manhã desta segunda-feira

Caroline Carvalho Publicado em 23/05/2016, às 14h03

None
img-20150316-wa0080.jpg

Reunião ocorre na manhã desta segunda-feira

Após um motorista de ônibus escolar ser flagrado bêbado ao transportar 12 crianças, o dono da empresa Tuca Transportes, responsável pelo veículo, foi acionado pela Semed (Secretaria Municipal de Educação) de Anastácio para comparecer à prefeitura do município. Eles se reúnem na manhã desta segunda-feira, para tratar sobre a licitação do serviço terceirizado.

A ocorrência aconteceu na tarde do último sábado (21), quando o condutor E.M, de 62 anos, foi flagrado bêbado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-262, km 500, entre as cidades de Aquidauana e Miranda. 12 crianças estavam no veículo.

Durante a abordagem, o motorista trajava bermuda e estava descalço. No teste de etilômetro o resultado foi de 0,19 mg/l. Como não ultrapassou os 0,30 mg/l, ele não foi preso. Ele foi suspenso de dirigir por um ano e recebeu multa de 1.915 reais.

O veículo ainda estava com o licenciamento vencido e apresentava várias falhas de manutenção nos equipamentos obrigatórios, como ausência de extintor de incêndio; pneus sem condições de rodagem e janelas abrindo além do permitido para transporte escolar. Além disso, nem as crianças, nem o motorista utilizavam o cinto de segurança no momento da abordagem.

O veículo foi apreendido e encaminhado para o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Anastácio. Na sequência foi solicitado que a empresa providenciasse outro ônibus para que as crianças fossem conduzidas até suas residências.

Até o fechamento desta reportagem, a reunião ainda não tinha acabado e a secretária de educação Tânia Mara dos Santos Lima não atendeu as ligações.  

(Com supervisão de Mayara Sá) 

Jornal Midiamax