Cotidiano

Analistas-tributários paralisam atividades por três dias em MS

Em MS são 180 servidores

Wendy Tonhati Publicado em 24/10/2016, às 15h38

None
imagem_001.jpg

Em MS são 180 servidores

Os analistas-tributários da Receita Federal de Mato Grosso do Sul decidiram paralisar as atividades entre esta segunda-feira (24) e quarta-feira (26). No Estado são 180 servidores da categoria. De acordo com o delegado-regional do Sindireceita (Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal), Cláudio Brasil, aproximadamente 90% dos servidores aderiram à paralisação. 

Durante os três dias não serão realizadas análise de processos de cobrança, restituição e compensação, orientação aos contribuintes, inscrição de cadastros, regularização de débitos e pendências, análise dos pedidos de parcelamento, emissão de certidões negativas e de regularidade, revisões de declarações, atendimentos a demandas e respostas a ofícios de outros órgãos, entre outras atividades.

Segundo Brasil, nas fronteiras do Estado, a paralisação atinge diretamente os procedimentos que envolvem trâmites burocráticos. 

A paralisação ocorre em protesto contra atos da administração da Receita Federal que, segundo o Sindireceita, tem interferido na tramitação do Projeto de Lei 5.864/2016, que reestrutura a remuneração dos servidores da Carreira de Auditoria e institui programa de modernização e eficiência do órgão.

Conforme a representante regional do Sindfazenda (Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda), Ione Coelho, o atendimento aos contribuintes na Receita Federal, em Campo Grande, continua sendo feito normalmente pelos técnicos administrativos da Receita Federal.

Jornal Midiamax