Cotidiano

Rua com buracos faz ‘aniversário’ e problema só gera transtorno para moradores

Moradores fizeram várias reclamações, mas não houve mudanças

Thatiana Melo Publicado em 13/07/2015, às 15h28

None
img-20150713-wa0022.jpg

Moradores fizeram várias reclamações, mas não houve mudanças

Há exatamente um ano a Rua Jordão, no jardim Noroeste, região leste da cidade, teve a tubulação instalada pela Águas Guariroba, concessionária responsável pelos serviços de água e coleta e tratamento de esgoto da Capital de Mato Grosso do Sul, que ao fazer o serviço deixou buracos na rua, que só tem causado transtornos para os moradores da região.

A autônoma Elenice Viana, de 32 anos fala que a Prefeitura de Campo Grande tinha feito o serviço de patrola e cascalhamento, mas que foi desfeito pela tubulação instalada. “A rua estava ótima, mas existe uma caixa d’água da concessionária bem na esquina, que estava sem funcionamento, e para ativar passaram a tubulação estragando a rua, e até agora não consertaram o que fizeram”, explica Elenice.

A moradora ainda fala que várias reclamações foram feitas a concessionária de água, que alega ser problema da Prefeitura. “Um fica jogando para cima do outro e ninguém resolve nada”, ressalta a autônoma.

“Existe ainda o perigo da dengue com esta água empossada que nunca seca, principalmente, nesta época de chuvas”, diz. Elenice que ainda ressalta que para entrar em casa com o carro é um transtorno, e que os moradores já fizeram várias valetas na tentativa de escoar a água, mas sem sucesso.

Em contato com a Prefeitura, por meio de e-mail, foi informado que se a obra for de esgoto é de responsabilidade da concessionária de águas o conserto da rua. No entanto, segundo a assessoria de imprensa da Águas Guariroba, o caso será repassado para a Seintrha (Secretaria Municipal de Transporte e Habitação), para que a equipe de obras realize os serviços de manutenção e drenagem da via.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

*Texto alterado às 14h53 para acréscimo de informações

Jornal Midiamax