Cotidiano

Reforma em residencial atingido por temporal depende da Caixa

Banco deve acionar seguradora para corrigir problemas

Midiamax Publicado em 13/07/2015, às 13h24

None
leonel_brizola_3_-cg_arquivo.jpg

Banco deve acionar seguradora para corrigir problemas

Orestes Jorge Correa, um dos proprietários da empresa,VBC Engenharia LTDA, responsável pela construção do residencial  Leonel Brizola I e II, localizado no Jardim Tijuca na região sul de Campo Grande, afirma que a reforma do local, atingido pela tempestade do último sábado (11), depende da Caixa Econômica Federal.

“Como já entregamos o empreendimento para a Caixa, é obrigação dela, assim como é a nossa de prestar a assistência necessária, acionar a seguradora para que sejam realizadas as medidas de reparação. Existe todo um processo de documentação legal. As providências estão sendo tomadas com a maior urgência”, assegura.

Na ocasião quatro blocos foram destelhados, cada um conta com 16 apartamentos. A Defesa Civil esteve no local para verificar a situação dos moradores que tiveram os apartamentos atingidos.

Uma equipe designada pela empreiteira também este no residencial e cobriu o teto com lona. “Foi uma solução paliativa para evitar que molhasse dentro”, explica o empreiteiro.

Até o momento a construtora não tem o levantamento de quantos imóveis foram atingidos, no entanto, afirma que os moradores não serão prejudicados. “O morador não vai ter prejuízo, mas temos de seguir o roteiro normal para que as providências sejam tomadas. Depois que a seguradora for acionada, fizer a vistoria, levaremos uma semana para fazer a reforma”, garante.

Na manhã desta segunda-feira (13), a equipe de reportagem do Jornal Midiamax tentou falar por telefone com a assessoria de comunicação da Caixa Econômica Federal, porém, as ligações não foram atendidas. Um e-mail também foi encaminhado, mas até o momento não houve resposta.

O temporal também atingiu o residencial Nelson Trad, localizado no Jardim Carioca, na região oeste da Capital. O condomínio foi inaugurado em junho de 2014 e desde antes de sua entrega já apresentava problemas. A reportagem também tentou falar com a Broksfield, responsável pela construção do local, no entanto, às ligações não foram completadas. 

Residencial Leonel Brizola I e II – A entrega do residencial Leonel Brizola I e II estava programada para dezembro de 2013 e foi realizada com um ano de atraso. Ao todo são 272 apartamentos, entre eles, 10 adaptados. A construção foi financiada por meio do projeto Minha Casa Minha Vida e contou com repasses dos governos estadual, municipal e federal.

Jornal Midiamax