Cotidiano

Previsão anuncia frente fria para sexta e volta a chover em Campo Grande

Baixa umidade dará lugar a tempo nublado e queda de temperatura

Midiamax Publicado em 30/06/2015, às 19h55

None
_mg_2771.jpg

Baixa umidade dará lugar a tempo nublado e queda de temperatura

Com frente fria se aproximando, voltou a chover em Campo Grande na tarde desta terça-feira (30). A rápida chuva, que registrou 0,2 milímetros, foi o suficiente para mudar o tempo na Capital. A baixa umidade dará lugar a tempo nublado e à queda de temperatura, causada por frente fria que se aproxima e atingirá Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (3).

Segundo o meteorologista Natálio Abrão, áreas de instabilidade trouxeram a chuva, que deve ser mais forte já nesta quarta-feira. Nesta terça também choveu em Maracaju, Rio Brilhante, Amambai, Sete Quedas, Ponta Porã e Dourados, onde choveu 25 milímetros.

A última chuva significativa em Campo Grande aconteceu dia 2 deste mês, quando foram registrados 13, 9 milímetros. Um dia antes, dia 1º de junho, choveu 50 milímetros. De lá para cá houve chuvas fracas, abaixo de 5 milímetros, nos dias 15, 19 e 22.

O esperado para o mês era que chovesse 42,5 milímetros. Até o momento já choveu 68 milímetros. “Prova de que este inverno não será e nem está sendo seco, pelo contrário, terá sempre possibilidade de chuva”, explica o meteorologista.

A frente fria

De acordo com previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a mudança no tempo foi causada por rápido deslocamento de uma área de baixa pressão atmosférica em altos níveis (cavado) e também da aproximação de uma frente fria entre o Paraná e o Oceano Atlântico na costa de São Paulo, que deve chegar ao Estado sexta-feira.

A quarta e a quinta-feira serão de tempo instável, nuvens e algumas pancadas de chuva com possíveis trovoadas no Estado. Na sexta-feira frente fria de origem polar percorre a faixa leste do Cone Sul da América do Sul, entre a Argentina, Uruguai e Sul do Brasil. O ar frio encontra a zona frontal e é alimentado por ar um pouco mais quente e úmido de noroeste.

Assim, a frente fria fica bem definida e se desloca pelo Estado de MS. A chuva ganha força e atinge todas as regiões, inclusive o norte do Estado. O vento sopra de norte a oeste, com eventuais rajadas. Esfria bastante da tarde para o fim de noite, especialmente no sul.

O sábado deve ter acentuada queda de temperatura em todo o Estado, podendo atingir mínima de 8 graus.

Jornal Midiamax