Cotidiano

Presidente da Seleta desmente atrasos de salários de menores aprendizes

Governo do Estado não se pronunciou quanto ao fato

Thatiana Melo Publicado em 16/06/2015, às 15h22

None
ses.jpg

Governo do Estado não se pronunciou quanto ao fato

Gilbraz Marques, presidente da Seleta (Sociedade Caritativa e Humanitária) desmentiu na manhã desta terça-feira (16) a informação de que, os salários dos menores aprendizes estejam em atraso. De acordo com o presidente tudo está em ordem, com pagamentos em dia.

A equipe de reportagem do JornalMidiamax entrou em contato com o governo do Estado, através de e-mail e telefone, mas até o fechamento da matéria não houve resposta.

O menor aprendiz, que não quis se identificar, afirma que o pagamento não foi feito e que muitos não estão indo ao trabalho já que não tem como arcar com o passe de ônibus. “Até ontem (segunda) não havíamos recebido, e não informaram quando vai sair”, fala a jovem que ainda diz que o problema só acontece na Secretaria de Saúde, que outros menores que trabalham em outras secretarias já teriam recebido.

“Muitos chefes estão tirando do bolso o dinheiro para que alguns menores possam ir trabalhar, mas depois não temos o ressarcimento do que gastamos com o transporte”, explica. Segundo, a menor aprendiz, o problema seria com uma nota enviada pelo governo de forma errada, e que até o momento não teria sido retificada.

De acordo com informações a Seleta tem 54 menores aprendizes, e para a Secretaria de Saúde do Estado, 15 prestam serviços.

Jornal Midiamax