Cotidiano

Prefeito diz que está trabalhando para não ter escalonamento de salários

Olarte disse estar otimista e que até novembro situação vai estar saneada

Wendy Tonhati Publicado em 10/08/2015, às 13h08

None
img-20150810-wa0033.jpg

Olarte disse estar otimista e que até novembro situação vai estar saneada

O prefeito Gilmar Olarte disse na manhã desta segunda-feira (10), que a prefeitura está trabalhando para não ter escalonamento dos salários.

“Estamos trabalhando para não ter, mas, não podemos tapar o sol com a peneira. A crise nacional agravou ainda mais a situação de Campo Grande, que vinha de uma situação difícil de 1 ano e 5 meses. A situação precisa ser enfrentada sem hipocrisia”, afirmou.

No último sábado (8), Olarte disse que pretendia manter o escalonamento de salários, pelo menos neste mês. 

O prefeito disse ainda estar buscando soluções para salvar a situação “que herdou”. “A situação de hoje não é culpa o prefeito Olarte. Estou ansioso porque lá na frente enxergo resultados. Até novembro a gente saneia a situação aqui”, disse. 

Decisão

A decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul atende a mandado de segurança impetrado pelo  Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul e concedido pelo juiz substituto da 1ª Vara dos Direitos Difusos, Coletivos e Homogêneos, Marcelo Ivo de Oliveira, que concedeu liminar.

O juiz estabeleceu que o Executivo deve fazer o pagamento à classe no 5º dia útil, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. Além disso, proibiu novo escalonamento ou parcelamento da remuneração dos profissionais em questão.

Jornal Midiamax