Cotidiano

Motociclista sem CNH invade preferencial e para sob ônibus

Vítima teve apenas fratura de fêmur e escoriações leves pelo corpo

Wendy Tonhati Publicado em 06/01/2015, às 10h53

None
img-20150106-wa0023.jpg

Vítima teve apenas fratura de fêmur e escoriações leves pelo corpo

Uma motociclista de 18 anos ficou ferida em uma colisão com um ônibus do transporte coletivo na manhã desta terça-feira (6). O acidente aconteceu na Vila Nha-nhá e teria sido causado pela própria moça que, segundo testemunhas, teria invadido a preferencial – a jovem também não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O ônibus, que faz a linha Aero Rancho-Terminal Morenão, seguia pela Rua Antônio Bittencourt Filho, que é a preferencial, no sentido bairro-centro. A condutora da motocicleta YBR-125, identificada como Jenifer Godoy de Oliveira, seguia pela Rua Cristóvão Scapulatempo e não teria respeitado a placa de ‘Pare’.

No ônibus, havia cerca de 30 passageiros e ninguém ficou ferido. A motociclista teve uma fratura de fêmur e escoriações leves pelo corpo. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa.

O condutor do ônibus, Genivaldo Segóvia, de 38 anos, afirmou que é motorista há dez anos e que nunca se envolveu em acidentes. Ele disse que não teve tempo de frear, já que seguia pela preferencial. 

Jornal Midiamax