Cotidiano

Mesmo com tarifa alta, terminal de ônibus tem banheiro sujo e até ‘cachoeira’

Tarifa subiu para R$ 3,25

Thatiana Melo Publicado em 24/11/2015, às 11h54

None
print.jpg

Tarifa subiu para R$ 3,25

Com o último aumento da tarifa de ônibus no dia 19 de novembro autorizado pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a tarifa de ônibus que já era considerada cara pela população a R$ 3 agora custando R$ 3,25 deixou mais revoltado quem precisa utilizar o transporte público da cidade.

O estudante de arquitetura e leitor do Jornal Midiamax, Danilo de Carvalho, de 22 anos, enviou um vídeo que mostra a situação do terminal de ônibus do Morenão, na região sul da cidade. No vídeo é possível ver uma verdadeira “cachoeira” dentro do terminal formando poças de água.

Além, da cachoeira formada várias reclamações em relação a situação do terminal são feitas como os banheiros que segundo o estudante são muito sujos, iluminação precária e falta de segurança no local. “O estado do terminal é péssimo”, afirma.

Danilo, que é paulista, veio para Campo Grande há dois anos para estudar afirma que a tarifa é muito cara para um transporte de péssima qualidade. “Em São Paulo a tarifa é cara R$ 3,50, mas o serviço é de qualidade, tem segurança, é organizado e limpo, já aqui é muito ruim”, diz.

“Como uma cidade de mais de 800 mil habitantes não tem capacidade de gerir um transporte público de qualidade?”, indaga o estudante que ainda fala que evita usar o transporte coletivo na Capital tentando sempre pegar carona.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as informações ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax