Cotidiano

Escolhida em concurso do Midiamax, arara-canindé é ave-símbolo da Capital

Concurso foi promovido pelo Jornal Midiamax e o Avistar MS

Evelin Cáceres Publicado em 16/06/2015, às 15h39

None
arara_caninde.jpg

Concurso foi promovido pelo Jornal Midiamax e o Avistar MS

É quase unanimidade que cada morador de Campo Grande, ao passear pela cidade, já tenha avistado uma delas. E aquele casal que fica na Praça das Araras, sempre ao fim do dia? É por isso que o prefeito Gilmar Olarte sancionou nesta terça-feira (16) a Lei n. 5.561, de autoria da Câmara de Campo Grande, que institui a arara-canindé como Ave-Símbolo da Capital. A sugestão foi do vereador Eduardo Romero, após a realização do concurso cultural promovido pelo Jornal Midiamax e o Avistar MS.

No fim do ano passado, os campo-grandenses votaram na arara-canindé, que teve mais que o dobro de todos as as aves concorrentes no Facebook do jornal. Todos puderam escolher entre a canindé, arara-vermelha, bem-te-vi, choca-barrada, coruja-buraqueira, ferreirinho-relógio, joão-de-barro, periquito-de-encontro-amarelo, quero-quero, sabiá-laranjeira, surucuá-de-barriga-vermelha, tucano e urutau.

Simone Mamede, uma das organizadoras do Avistar MS, falou da importância do concurso para Campo Grande. “Várias cidades brasileiras têm sua ave-símbolo. As aves são bons elementos indicadores da riqueza da fauna de determinado local ou região”.

A organizadora diz acreditar que o resultado pode refletir positivamente no turismo da Capital. “A ideia é de que a população incorpore mais um elemento de identidade à sua cultura e que isso gere responsabilidade na proteção, reconhecimento e valorização do patrimônio natural. A ave-símbolo será mais uma marca do campo-grandense, um símbolo cultural que expressa o vínculo afetivo com a rica biodiversidade local”.

A ave

Arara-canindé, também conhecida como arara-de-barriga-amarela e arara-amarela é uma das mais conhecidas representantes do gênero Ara. Ave muito presente na vida dos campo-grandenses, muito colorida e considerada um dos psitacídeos mais espertos e inteligentes. Reproduz em nossos quintais e encontra alimento fácil na cidade. Vocaliza alto e costuma com frequência sobrevoar a principal avenida da cidade a Afonso Pena. 

Nome: arara-canindé, nome científico Ara ararauna, mede cerca de 90 centímetros, pesando 1,1 kg. É encontrada facilmente na copa de florestas de galeria, várzeas com palmeiras (buritizais, babaçuais, etc.), interior e bordas de florestas altas, a cerca de 500 metros de altitude. Vive em pares ou em grupos de 3 indivíduos, combinação mantida também quando formam-se bandos maiores de até 30 indivíduos. Alimenta-se basicamente de sementes, frutas e nozes. Migra em certas épocas do ano, em busca de alimento. 

O que é o Avistar

O Avistar MS é um encontro regional apoiado pelo Avistar Nacional (Avistar Brasil). O Avistar é um encontro de observadores de aves que apreciam o contato com as aves e a biodiversidade em geral. O evento é totalmente aberto à participação popular, não tem perfil acadêmico ou técnico-científico e busca popularizar a observação de aves em liberdade e incentiva a convivência harmônica com a natureza. 

Jornal Midiamax