Cotidiano

Em momento de crise, feirão de veículos tem movimento fraco nesta sexta-feira

Organização do evento espera fechar mais de 100 negócios

Midiamax Publicado em 02/10/2015, às 22h31

None
img-20151002-wa0031.jpg

Organização do evento espera fechar mais de 100 negócios

O Mega Feirão de Veículos semi-novos começou nesta sexta-feira (2) na Praça do Papa, região oeste da cidade. No 1° dia do evento não houve muita procura, mas a estimativa da organização é fechar mais de 100 negócios até domingo.

O aposentado Luis Valente, 65 anos, estava no local a procura de um carro semi-novo para trocar o seu Palio 2007. “Vim dar uma olhada nos carros, não fechei negócio, mas acho que nos próximos dias deve trocar o meu. Tive de olho em alguns. Tudo depende das condições financeiras”, disse ele.

A professora Naara Ornelas, 39 anos, está a procura do seu 1° carro. Na saída do local, ela disse que também não fechou negócio. “Eu gostei muito de um que eu vi, um uno, mas ainda estou pensando”, declarou.

O evento organizado pelo Banco Santander e Web Motors está com 20 lojas expondo mais de 500 veículos. “Nesse momento de crise, a tentativa é melhorar as vendas. Nós esperamos negociar muitos veículos nos próximos dias”, afirmou o operador comercial do banco, Anderson Machado, 33 anos.

Ainda de acordo com Anderson, há muitos atrativos. “Estamos com taxa a partir de 0,99%, 1° parcela a partir de dezembro, e pagamento até 60 meses, tudo mediante aprovação de crédito”, exemplificou ele.

O empresário Celso Takeshi, de uma das empresas que estavam expondo veículos, disse que não havia fechado negócio hoje, mas esperava vender até domingo cerca de 10 carros. “Muitas pessoas vieram olhar, até deixaram engatilhado o negócio, mas ficou de vir depois para fechar”, explicou ele.

Luís Fernando de Almeida é gerente de uma das empresas e afirmou que tem uma expectativa boa, mas que nesta sexta não vendeu. “Nós esperamos vender 10 veículos até domingo. Vamos ver”, disse ele.

Conhecido como “Zezinho”, José Rofinaldo Filho é proprietário de duas revendas de veículos. Ele levou cerca de 60 veículos a praça e espera negociar 15 carros. “Nós recebemos muitas pessoas hoje, até conseguimos fechar duas negócios”, exemplificou ele.  

Jornal Midiamax