Cotidiano

Em greve há 27 dias, servidores municipais fazem ‘ato fúnebre’ na frente de prefeitura

120 servidores estão em greve em Deodápolis

Wendy Tonhati Publicado em 06/10/2015, às 16h04

None
img-20151006-wa0032.jpg

120 servidores estão em greve em Deodápolis

Os servidores municipais de Deodápolis, a 260 quilômetros de Campo Grande, estão em greve há 27 dias e realizaram uma manifestação na manhã desta terça-feira (6), na frente da prefeitura da cidade. Eles fizeram um ato fúnebre com um caixão simbólico e depois, uma caminhada até a praça da cidade. 

De acordo com Irene de Souza, presidente sindicato servidores públicos municipais de Deodápolis, dos 275 servidores da cidade, 120 aderiram ao movimento. Alguns setores continuam funcionando normalmente e os servidores do hospital também continuam no trabalho por se tratar de serviço essencial.  

A categoria reclama que a prefeitura da cidade tirou o complemento salarial dos trabalhadores e baixou remunerações. Eles também pedem a efetivação do plano de cargos e carreiras.

De acordo com Irene, na sexta-feira (2), a categoria tentou uma reunião com a prefeitura, por intermédio da Câmara Municipal da cidade. Os grevistas foram recebidos pela equipe do executivo municipal, porém os servidores rejeitaram os termos propostos pela prefeitura. No mesmo dia, a prefeita da cidade Maria das Dores Oliveira Viana entrou na Justiça para que a greve seja declarada ilegal, segundo a presidente do sindicato. 

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei

Jornal Midiamax