Cotidiano

Em Campo Grande, 30 candidatos disputam 15 vagas de conselheiros

Serão eleitos cinco em cada um dos conselhos tutelares

Midiamax Publicado em 04/10/2015, às 11h44

None
conselho.jpg

Serão eleitos cinco em cada um dos conselhos tutelares

A escolha dos membros do Conselho Tutelar de todo o país acontece neste domingo (4) das 8h às 17h. Pela primeira vez, a escolha terá data unificada em todos os municípios brasileiros. Em Campo Grande são 30 candidatos disputando 15 vagas, sendo cinco em cada Conselho Tutelar do município.

De acordo com as informações do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), são 90 mil eleitores em todo o Estado de Mato Grosso do Sul para eleger entre os mais de 900 candidatos as 405 disponíveis.

Antes de serem habilitados a participarem do pleito, os 79 candidatos passaram por quatro etapas avaliativas (eliminatórias): exame de conhecimento, domínio de informática, análise de perfil profissiográfico e entrevista.

São habilitados a votar no processo de escolha dos Conselheiros Tutelares qualquer eleitor do município que esteja em dias com as obrigações eleitorais. Em cada uma das trinta sessões eleitorais haverá um mesário e dois auxiliares para atender e orientar os eleitores na manifestação de suas escolhas, que deve ser consignado em uma cédula nos moldes daquelas utilizadas no passado em processos de eleições parlamentares e dos poderes executivos.

Perfil dos candidatos

Uma pesquisa da SDH/PR realizado entre 14 de agosto e 22 de setembro, identificou um perfil entre os 55.189 candidatos à função de conselheiro tutelar. Dos inscritos, 71,5% são mulheres e 28,5% são do sexo masculino. Em relação à faixa etária, mais da metade dos interessados em ocupar o cargo tem entre 21 e 34 anos. Além disso, 70,4% concluíram o ensino médio, 22,5% têm formação em curso superior e 7,2% apresentam somente o ensino fundamental.

Conselhos tutelares

Os conselhos tutelares foram criados em 1990, com a publicação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). São órgãos permanentes e autônomos, não jurisdicional, encarregados por zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, ficando estabelecida a exigência de que em cada município terá no mínimo um Conselho Tutelar, como órgão integrante da administração pública local, composto de cinco membros escolhidos pela população local.

Jornal Midiamax