Cotidiano

Criança é arremessada a 10 metros e idosa morre em acidente na BR-163

O carro colidiu em uma carreta depois que foi forçado a entrar no acostamento

Renata Portela Publicado em 09/07/2015, às 10h37

None
depac_piratininga_-_arlindo_florentino.jpg

O carro colidiu em uma carreta depois que foi forçado a entrar no acostamento

Na noite de quarta-feira (8), por volta das 18 horas, Matilde da Silva Reginaldo, de 67 anos, morreu em acidente na Rodovia BR-163. O fato ocorreu no Km 342, nas proximidades de Campo Grande e foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a polícia foi acionada por volta das 20 horas, para atender o acidente. No local, o fluxo do trânsito já estava interditado quando os policiais chegaram. A primeira informação recebida, por testemunhas, foi de que o Fiat Uno, prata, placas HTA-6585, de Campo Grande-MS, seguia sentido Campo Grande, quando colidiu com a guia do acostamento, depois de outro veículo forçar ultrapassagem indevida.

Ainda de acordo com as testemunhas, o Uno ainda acabou colidindo na Scania, branca, placas NJJ-7585, de Cuiabá-MT. No Uno, estavam Marcelo Barbosa de Oliveira, a mulher dele Leni Maria da Silva, um menino e Matilde. A criança foi arremessada a 10 metros, mas não sofreu ferimentos graves. Já a idosa acabou morrendo no local.

Sumiço de dinheiro

Conforme o registro policial, Leni afirmou que, embaixo do banco, havia uma bolsa preta com R$ 3 mil. O carro teve que ser desvirado para que os policiais fizessem a busca pelo objeto. A bolsa foi encontrada, porém sem a quantia em dinheiro.

O caso foi registrado como morte a esclarecer e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. 

Jornal Midiamax