Cotidiano

Com metade no escuro e outra iluminada 24 horas, moradores reclamam de descaso com praça

Pedido de iluminação foi feito há três semanas  

Thatiana Melo Publicado em 02/10/2015, às 14h13

None
img-20151002-wa0054.jpg

Pedido de iluminação foi feito há três semanas

A praça localizada na Rua Pequi, entre a Avenida Florestal e a Rua Presidente Café Filho, no Bairro Coophatrabalho, região oeste de Campo Grande há um mês permanece com metade da área na total escuridão e com algumas lâmpadas acesas 24 horas, que não conseguem iluminar toda a praça, segundo morador da região.

Willian da Silva, de 42 anos, corretor de imóveis leitor do Jornal Midiamax afirmou que já foram feitas diversas ligações para a Prefeitura e a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), além do protocolo feito no dia 15 de setembro.

“Quando a gente liga na Prefeitura afirmam que ainda não tem chefe da iluminação, e que precisa ser nomeado para fazer o serviço”, explica Willian. Ainda de acordo com o corretor de imóveis o local está abandonado e tem causado revolta nos moradores do bairro.

“É uma falta de responsabilidade, independentemente da situação. E os impostos que nós pagamos e continuamos a pagar? como fica?”, indaga. O corretor afirma ainda que o descaso também está nas lâmpadas acesas durante o dia todo. “Não entendemos o desperdício de um lado e o descaso do outro”, finaliza.

A Prefeitura de Campo Grande foi procurada pela equipe do Jornal Midiamax, através de e-mail, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

WhatsApp: fale com os jornalistas

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax