Cotidiano

Após assalto, homem fica paraplégico e pede doação de cadeira de rodas elétrica

Vanderley está com problemas de locomoção

Midiamax Publicado em 21/11/2015, às 15h56

None
cadeira_de_rodas.jpg

Vanderley está com problemas de locomoção

Há quatro anos a vida de Vanderley Henrique de Assis, 33 anos, mudou radicalmente depois de ter sido vítima de assalto e ficou paraplégico por causa dos quatro tiros que levou durante o crime em Campo Grande.

Desde 2011, ele vem tentando se adaptar a essa nova vida de cadeirante que não tem sido fácil. Vanderley procurou a equipe do Jornal Midiamax para pedir ajuda porque nos últimos dias tem tido dificuldades de se locomover com sua cadeira de rodas.

Atualmente, Vanderley está em uma casa de repouso no Bairro Monte Castelo porque estava encontrando dificuldades por morar sozinha por causa de feridas que aumentaram no seu corpo após a cirurgia.

Ele disse a equipe de reportagem que conseguiu uma vaga em um hospital em São Paulo, mas não teve como ir por causa da cadeira de rodas manual. Vanderley disse que precisa da doação de uma cadeira de rodas para ajudá-lo na sua locomoção.

“Eu preciso de ajuda e como não tenho condições de comprar uma cadeira de rodas elétricas resolvi pedi ajuda para o Jornal Midiamax para quem tem uma possa me doar. Caso alguém tenha uma em casa e não esteja usando pode entrar em contato comigo porque realmente estou precisando”, explica Vanderley.

Para as pessoas que queiram ajudá-lo basta ligar nos telefones 9134-4225 ou 9916-8796.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax