Cotidiano

Advogado de MS condenado por corrupção é intimado para cumprir pena

Advogado foi condenado junto com desembargador federal

Midiamax Publicado em 29/09/2015, às 20h32

None
corrupcao-3770.jpg

Advogado foi condenado junto com desembargador federal

A justiça estadual determinou a intimação do advogado Ismael Medeiros a se apresentar no prazo de 48 horas ao diretor da Casa do Albergado de Campo Grande para dar início ao cumprimento da pena, sob pena de suspensão do regime mais brando. O advogado foi condenado à pena de três anos de reclusão em regime aberto pelo crime de corrupção, juntamente com um desembargador federal Paulo Theotônio Costa, do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).

O desembargador foi acusado de manipular a distribuição de um recurso interposto pelo antigo Bamerindus, aceitando dinheiro para beneficiar o banco. O esquema contou com a ajuda do advogado. Costa foi afastado do cargo em 2003. O caso foi julgado em 2008 pelo STF que determinou, além da condenação de 3 anos de reclusão para ambos envolvidos, a perda do cargo de desembargador.

O despacho desta terça-feira (29) determina ainda que o diretor do Estabelecimento Penal informe, em cinco dias, sobre o efetivo ingresso do advogado no presídio.

 (Com informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul)

Jornal Midiamax