Cotidiano

Temporal deixa rastro de destruição em bairros de Dourados

Temporal na tarde de ontem provocou prejuízos para moradores em alguns bairros de Dourados. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Vicente Chencarek, foram 40 milímetros de chuva acompanhada por rajadas de ventos que chegaram à cidade a uma velocidade de 60 quilômetros por hora e deixou um rastro de destruição. A Defesa registrou dez chamadas […]

Arquivo Publicado em 10/10/2012, às 16h37

None
548662626.jpg

Temporal na tarde de ontem provocou prejuízos para moradores em alguns bairros de Dourados. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Vicente Chencarek, foram 40 milímetros de chuva acompanhada por rajadas de ventos que chegaram à cidade a uma velocidade de 60 quilômetros por hora e deixou um rastro de destruição. A Defesa registrou dez chamadas de maior vulto, mas nenhuma família chegou a ficar desabrigada.


O vendaval começou por volta das 16h40 e durou poucos minutos, tempo suficiente para derrubar árvores mais antigas, destelhar casas, estruturas metálicas e até o cercamento do Centro Social Urbano do Grande Água Boa, o CSU.


Vicente também registrou alagamentos pontuais que ocorreram devido a alguns bueiros entupidos, no bairro BNH 4º Plano, por detritos acarreados pela chuvarada.


Entre os bairros mais afetados estão o Jardim Rigotti, Colibri, Grande Água Boa, BNH 4º Plano e adjacências. Regiões bastante populosas de Dourados.


O coordenador municipal da Defesa Civil explica que o vendaval ocorreu devido ao encontro de massas quentes e frias.


As altas temperaturas, que entre anteontem e ontem flutuaram entre 35 e 40 graus centígrados, anunciavam iminente desastre natural que afetou apenas uma faixa de terra, na cidade de Dourados.


SERVIÇO


O telefone da Defesa Civil para chamadas de emergência é o 199. A ligação é gratuita.

Jornal Midiamax