Brasil

VÍDEO: Ex-governador de RO defende uso de solda elétrica contra a Covid

Desde o início da pandemia, já ocorreram diversas discussões e estudos sobre procedimentos, medicamentos e tratamentos contra a Covid-19. Mesmo sem o respaldo cientifico, alguns governantes insistem em incentivar a aplicação de métodos não comprovados. Passando pelo uso de medicamentos que afetam órgãos como fígado, algumas teorias conseguem ser ainda mais absurdas, como o uso […]

Gabriel Neves Publicado em 24/03/2021, às 08h40

Em vídeo publicado na internet, ex-governador explica sobre método da solda. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Em vídeo publicado na internet, ex-governador explica sobre método da solda. (Foto: Reprodução/Redes Sociais) - Em vídeo publicado na internet, ex-governador explica sobre método da solda. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Desde o início da pandemia, já ocorreram diversas discussões e estudos sobre procedimentos, medicamentos e tratamentos contra a Covid-19. Mesmo sem o respaldo cientifico, alguns governantes insistem em incentivar a aplicação de métodos não comprovados.

Passando pelo uso de medicamentos que afetam órgãos como fígado, algumas teorias conseguem ser ainda mais absurdas, como o uso de solda elétrica para o tratamento da doença.

Esse é o método defendido pelo ex-governador de Rondônia, Ivo Cassol, em vídeo publicado nesta terça-feira (23), que viralizou na internet. Na gravação, Cassol aparece usando uma solda elétrica como suposto tratamento para o coronavírus, através da claridade/luz emitida pelo aparelho. Não existe comprovação cientifica sobre o procedimento.

Em entrevista ao portal G1, o ex-governador explicou que fez a gravação no início da semana, em Rolim de Moura (RO), após saber de um caso semelhante feito em São Francisco do Guaporé (RO).

“Na semana passada eu assisti um vídeo que um cidadão lá da BR-429, conhecido como Santos. Ele estava com coronavírus e ele fez solda e, posteriormente, e ele foi fazer o teste e tinha matado o vírus do ‘corona’. No dia seguinte ele pegou um funcionário dele, mais a esposa do funcionário, fez a solda também e automaticamente também acabou eliminando o vírus do corona no corpo deles”, afirma.

Após assistir ao vídeo, Ivo Cassol diz que decidiu fazer o mesmo procedimento em um borracheiro, que é seu funcionário e havia testado positivo para Covid-19 na semana passada.

“Deu positivo para Covid na quinta-feira (18) e na sexta-feira (19) ele estava ruim. Fizemos a solda na sexta-feira e no sábado de manhã (20) ele amanheceu como um coco, portanto amanheceu bom sobre o corona”, relata o ex-governador.

Jornal Midiamax