Brasil

Senador pede inclusão de frentistas nos grupos prioritários para vacinação contra a covid-19

Situação de risco dos 10 mil frentistas de Mato Grosso do Sul

Diego Alves Publicado em 18/05/2021, às 19h23

Arquivo Midiamax
Arquivo Midiamax

O senador Nelsinho Trad (PSD) irá solicitar a inclusão dos frentistas de postos de combustível nos grupos prioritários para vacinação contra a covid-19, junto ao Ministério de Saúde.

Representantes do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes MS), por intermédio dos vereadores de Campo Grande, apresentaram a situação de risco dos 10 mil frentistas de Mato Grosso do Sul de 560 estabelecimentos no Estado, sendo 5 mil em Campo Grande, nesta pandemia.

De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), os frentistas estão na lista dos trabalhadores formais que mais morreram da covid-19 neste ano. Tiveram salto de 68% na comparação das mortes entre janeiro e fevereiro de 2020, pré-pandemia, e dois dos piores meses da crise sanitária, no início deste ano. “São pessoas que estão na linha de frente, um posto com pequeno movimento recebe de 500 a mil carros por dia; 50% da massa laborativa de frentistas já foram contaminados no Estado”, comentou o senador Nelsinho Trad.

Jornal Midiamax