Brasil

Procura do consumidor por crédito cresce 14,2% em setembro, diz Serasa

Todas as regiões brasileiras registram alta

Maria Eduarda Fernandes Publicado em 21/10/2021, às 17h31

Segundo economista, a alta inflação fez com que muitas pessoas recorressem ao crédito
Segundo economista, a alta inflação fez com que muitas pessoas recorressem ao crédito - Divulgação

A busca por crédito teve uma alta de 14,2% no comparativo de setembro deste ano e o mesmo mês de 2020, segundo o Indicador de Demanda do Consumidor por Crédito da Serasa Experian. Os consumidores de renda até R$ 500 mensais impulsionaram o crescimento do índice, registrando uma alta de 21,3%. Já os que ganham de R$ 500 a R$ 1.000 cresceram 14,9%.

Todas as regiões brasileiras registraram alta. O índice aponta que o Nordeste foi a principal responsável pelo aumento, com 21,8%. Na sequência está o Norte, com alta de 21,2%, Centro-Oeste (15,3%), Sudeste (11,8%) e Sul (9,7%).

Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, a alta da inflação fez com que muitas pessoas recorressem ao crédito. "O aumento dos preços que está encarecendo a vida financeira da população contribuiu consideravelmente para este aumento. Em muitos casos o consumidor não consegue se manter com seus recursos fixos mensais e com isso, buscam por soluções adicionais para complementação da renda", disse em nota.

Jornal Midiamax