Brasil

Praia de Copacabana vira roseiral em memória das mais de 500 mil mortes por covid-19

Ação foi criada pela ONG Rio de Paz

Renata Fontoura Publicado em 20/06/2021, às 11h05

Uma cruz de rosas será criada no meio das outras flores
Uma cruz de rosas será criada no meio das outras flores - Fabio Rossi | Agência O Globo

A ONG Rio de Paz anexou quinhentas rosas na praia de Copacabana na manhã deste domingo (20), no Rio de Janeiro. O roseiral é em memória das mais de 500 mil vítimas da covid-19. 

Segundo voluntários, a ação também é um repúdio à forma como a pandemia vem sendo tratada desde o início pelas autoridades federais e por parte da sociedade. 

Cada uma das rosas foi amarrada a uma base fincada no solo por uma fita verde e amarela, "simbolizando que as vidas perdidas fossem brasileiras", e exibia, em português e em inglês, a pergunta “onde erramos?”.

Além das rosas enfileiradas, um espaço vazio no meio delas foi criado. O espaço será preenchido com as flores em formato de cruz ao final da manifestação, por volta do meio-dia.

A marca de mais de 500 mil mortos foi atingida neste último sábado (19), em meio a protestos pelo país, inclusive no Rio de Janeiro, pedindo entre outras coisas o avanço da vacinação. 

Jornal Midiamax