Brasil

Polícia Federal deflagra operação contra o tráfico de drogas em aviões da Força Aérea

Foi deflagrada, na manhã desta terça-feira (2), pela Polícia Federal, a Operação Quinta Coluna, com objetivo de aprofundar as investigações sobre associação criminosa que se utilizou de aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) para remeter drogas para a Espanha. As investigações também englobam lavagem de ativos obtidos mediante prática delituosa. Um sargento da FAB já […]

Gabriel Neves Publicado em 02/02/2021, às 08h13 - Atualizado às 08h16

Viatura da Polícia Federal. (Foto: Reprodução/Metrópoles)
Viatura da Polícia Federal. (Foto: Reprodução/Metrópoles) - Viatura da Polícia Federal. (Foto: Reprodução/Metrópoles)

Foi deflagrada, na manhã desta terça-feira (2), pela Polícia Federal, a Operação Quinta Coluna, com objetivo de aprofundar as investigações sobre associação criminosa que se utilizou de aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) para remeter drogas para a Espanha.

As investigações também englobam lavagem de ativos obtidos mediante prática delituosa. Um sargento da FAB já foi preso na cidade de Sevilha, na Espanha, em 2019.

Além do sargento, segundo publicado no portal Metrópoles, outras pessoas teriam se associado de forma estável e permanente à prática do crime de tráfico ilícito de drogas.

Foram apresentados à Justiça elementos que indicam pelo menos mais uma remessa de entorpecente para a Euro. Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em Brasília, além de dois mandados que restringem a comunicação dos investigados e saída deles do Distrito Federal.

A Justiça Federal do DF ainda determinou o sequestro de imóveis e veículos dos envolvidos no esquema criminoso. Militares da FAB também participam do cumprimento das medidas.

O grupo teria diversas estratégias para lavar dinheiro e ocultar os bens provenientes do tráfico de entorpecentes, especialmente a aquisição de veículos e imóveis com pagamentos de altos valores em espécie.

Jornal Midiamax