Brasil

Mourão afirma que Pazuello entende ter “cometido um erro” ao participar de ato com Bolsonaro

O vice-presidente disse considerar “provável” uma punição a Pazuello dentro do Exército

Gabriel Neves Publicado em 24/05/2021, às 09h39

Na foto, o vice-presidente Hamilton Mourão.
Na foto, o vice-presidente Hamilton Mourão. - (Foto: Reprodução)

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, disse que “cometeu um erro” ao participar de um ato político ao lado do presidente Jair Bolsonaro. A declaração de Mourão foi dita nesta segunda-feira (24).

O ex-ministro esteve no passeio de motocicleta realizado por Bolsonaro no domingo (23) no Rio de Janeiro. Pazuello é general da ativa, e o regulamento do Exército veda participação de militar em manifestação de cunho político.

"Eu já sei que o Pazuello já entrou em contato com o comandante informando ali, colocando a cabeça dele no cutelo, entendendo que ele cometeu um erro", afirmou Mourão a jornalistas na chegada ao Palácio do Planalto.

O vice-presidente disse considerar “provável” uma punição a Pazuello dentro do Exército.

*Com informações do G1.

Jornal Midiamax