Brasil

Bolsonaro afirma que mãe não recebeu vacina Coronavac e culpa enfermeiro

O presidente Jair Bolsonaro se pronunciou após a divulgação de que sua mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro, foi vacinada contra a covid-19 no último dia 12 de fevereiro, em Eldourado (SP). Oficialmente, a prefeitura de Eldorado confirmou a vacinação de Olinda, mas disse não poder informar que vacina ela recebeu. Funcionários da saúde revelaram que todas […]

Gabriel Neves Publicado em 19/02/2021, às 09h56

Jair Bolsonaro ao lado de sua mãe. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Jair Bolsonaro ao lado de sua mãe. (Foto: Reprodução/Redes Sociais) - Jair Bolsonaro ao lado de sua mãe. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O presidente Jair Bolsonaro se pronunciou após a divulgação de que sua mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro, foi vacinada contra a covid-19 no último dia 12 de fevereiro, em Eldourado (SP). Oficialmente, a prefeitura de Eldorado confirmou a vacinação de Olinda, mas disse não poder informar que vacina ela recebeu.

Funcionários da saúde revelaram que todas as vacinas aplicadas no dia em que Olinda foi vacinada eram a Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, e muito criticada pelo presidente.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que sua mãe recebeu a vacina contra a covid-19. Ele disse, no entanto, que ela teria recebido o imunizante de Oxford/AstraZeneca, e não a vacina Coronavac, segundo publicado no portal Meia Hora.

Bolsonaro afirmou que, após a aplicação da vacina, um funcionário do atendimento de saúde teria rasgado o cartão de vacinação dela e entregado outro com uma identificação do Butantan.

“O cara (enfermeiro) foi embora, vacinou minha mãe e foi embora. Duas horas depois o cara volta lá todo apavorado, vai atrás da casa da minha mãe, chama lá a pessoa que acompanha minha mãe, pega o cartão de vacina dela, que é este aqui e rasga”, relatou. “E daí entrega para minha mãe a vacina escrito aqui embaixo ‘Butantan'”, acrescentou.

Bolsonaro criticou as notícias de que sua mãe teria recebido a vacina Coronavac. “Vamos desmascarar isso aqui agora”, disse.

O presidente chegou a exibir um papel com a reprodução do cartão de vacina que disse ser da sua mãe. Segundo ele, a vacinação de sua mãe teria sido usada pela imprensa para fazer “politicagem”.

Jornal Midiamax