Brasil

Arthur Lira fala em transferir superpoderes da presidência para o plenário

Com indiretas ao atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o deputado Arthur Lira (PP-AL) fez um discurso em que prometeu dar voz a todos os colegas da Casa. Lira conta com o apoio do Palácio do Planalto e desponta como favorito na eleição de hoje. “Por favor olhem para a cadeira da presidência, por […]

Agência Estado Publicado em 01/02/2021, às 20h36 - Atualizado às 20h38

Deputado Arthur Lira (Foto: Agência Câmara)
Deputado Arthur Lira (Foto: Agência Câmara) - Deputado Arthur Lira (Foto: Agência Câmara)

Com indiretas ao atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o deputado Arthur Lira (PP-AL) fez um discurso em que prometeu dar voz a todos os colegas da Casa. Lira conta com o apoio do Palácio do Planalto e desponta como favorito na eleição de hoje.

“Por favor olhem para a cadeira da presidência, por acaso ali há um trono? Não. Ao lado do presidente, há outras cadeiras e demais representantes da Mesa Diretora”, disse.

“Temos que dar voz a todas as deputadas e a todos os deputados, por isso temos que retirar o superpoder da presidência, como foi nos últimos anos, e devolver esse superpoder para o seu único e legítimo dono, o plenário da Câmara dos Deputados”, afirmou.

Lira fez referência à atuação de Maia e sugeriu que o parlamentar fez uma gestão monocrática, privilegiando um grupo de aliados na definição da pauta e na relatoria de projetos.

“51 milhões de votos não podem ser funcionários, não podem ser submissos, não podem ser subalternos da vontade de apenas um, dá vontade de um só. A Câmara tem que ser de todos. Não pode continuar sendo a Câmara do ‘eu'”, afirmou Lira.

O candidato governista repetiu slogans de sua campanha, durante a qual viajou por todas as capitais do País. “A Câmara de nós, e isso não é um slogan de campanha nem uma frase de efeito, isto é a alma da Casa, o espírito do nosso regimento, algo que está impregnado em todos os lugares”, disse.

Antes de Lira, discursaram os candidatos General Peternelli (PSL-SP), Andre Janones (Avante-MG) e Alexandre Frota (PSDB-SP). Frota retirou sua candidatura para apoiar Baleia Rossi (MDB-SP).

Jornal Midiamax