Brasil

Senador pego com dinheiro na cueca deixará vice-liderança do governo Bolsonaro

O senador Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro na cueca em sua residência e alvo de uma operação da Polícia Federal, pediu para deixar a vice-liderança do governo no Senado, nesta quinta-feira (15). A informação é do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE) e foi divulgada pelo portal G1. “Ele acabou de entrar em […]

Gabriel Neves Publicado em 15/10/2020, às 11h05

Senador e vice-líder do governo Bolsonaro no Senado, Chico Rodrigues. (Foto: reprodução/Poder 360)
Senador e vice-líder do governo Bolsonaro no Senado, Chico Rodrigues. (Foto: reprodução/Poder 360) - Senador e vice-líder do governo Bolsonaro no Senado, Chico Rodrigues. (Foto: reprodução/Poder 360)

O senador Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro na cueca em sua residência e alvo de uma operação da Polícia Federal, pediu para deixar a vice-liderança do governo no Senado, nesta quinta-feira (15).

A informação é do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE) e foi divulgada pelo portal G1. “Ele acabou de entrar em contato comigo, tomou a iniciativa de pedir afastamento do posto, para se defender. Já encaminhei o ofício sobre sua saída à Secretaria de Governo”, afirmou Fernando Bezerra.

A tentativa de esconder dinheiro dentro da roupa íntima foi revelada pela revista Crusoé. Chico Rodrigues afirmou em nota, que não está envolvido com qualquer ilícito.

O líder do governo no Senado ainda afirmou, nesta quinta, que o Palácio do Planalto vai encaminhar mensagem à mesa da Casa oficializando o afastamento de Chico Rodrigues do grupo de vice-líderes.

Jornal Midiamax