Brasil

Passageiro é expulso de voo por ser homofóbico com comissário

Passageiro foi expulso de um voo que saía do aeroporto de Guarulhos e tinha como destino Fortaleza-CE, após fazer xingamentos homofóbicos contra um comissário de bordo. Ele teria se irritado porque o comissário o acordou, pedindo para retornar sua poltrona à posição inicial. O caso aconteceu na última segunda-feira (14). Segundo informações do site Põe […]

Danielle Errobidarte Publicado em 16/09/2020, às 17h37

Caso aconteceu em voo da Latam que seguia de Guarulhos para Fortaleza-CE. (Foto ilustrativa: Reprodução/Facebook GRU Airport)
Caso aconteceu em voo da Latam que seguia de Guarulhos para Fortaleza-CE. (Foto ilustrativa: Reprodução/Facebook GRU Airport) - Caso aconteceu em voo da Latam que seguia de Guarulhos para Fortaleza-CE. (Foto ilustrativa: Reprodução/Facebook GRU Airport)

Passageiro foi expulso de um voo que saía do aeroporto de Guarulhos e tinha como destino Fortaleza-CE, após fazer xingamentos homofóbicos contra um comissário de bordo. Ele teria se irritado porque o comissário o acordou, pedindo para retornar sua poltrona à posição inicial.

O caso aconteceu na última segunda-feira (14). Segundo informações do site Põe na Roda, o passageiro teria chamado o comissário de “veadinho de bosta”. Quando o chefe de cabine foi informado sobre a situação, também foi chamado de “outro bosta”.

O piloto foi avisado sobre o caso de homofobia e retornou a aeronave para a base de partida, uma vez que ainda não tinha decolado. O comissário, segundo testemunhas, respondeu o passageiro dizendo “agora o senhor vai ver como um veadinho de bosta age”.

A Polícia Federal foi chamada e retirou o passageiro do avião. O acontecimento viralizou nas redes sociais e a Latam, companhia aérea do voo, se pronunciou no Twitter. “Repudiamos veementemente qualquer tipo de ofensa e reforçamos que seguimos os mais elevados padrões de segurança”, disse a empresa em postagem no perfil oficial. O episódio já teve mais de 2 mil compartilhamentos e interações.

(Com informações do portal Põe na Roda)

Jornal Midiamax