Brasil

Morre em hospital de São Paulo o locutor Asa Branca

Asa Branca, famoso locutor de rodeios, morreu nesta terça-feira (4), no Instituto do Câncer, na Zona Oeste de São Paulo em decorrência de um câncer. Ele lutava contra a doença desde 2017. A mulher dele, Sandra Santos, informou que não sabe onde será feito o velório, mas que o corpo será sepultado em Turiuba, no […]

Agência Estado Publicado em 04/02/2020, às 14h13 - Atualizado às 17h12

None
Mulher de Asa Branca diz que locutor está em estado crítico terminal

Asa Branca, famoso locutor de rodeios, morreu nesta terça-feira (4), no Instituto do Câncer, na Zona Oeste de São Paulo em decorrência de um câncer. Ele lutava contra a doença desde 2017. A mulher dele, Sandra Santos, informou que não sabe onde será feito o velório, mas que o corpo será sepultado em Turiuba, no interior de São Paulo, cidade natal do locutor.

O locutor passou por várias internações recentes, sendo a última no domingo (2), quando a família alugou uma ambulância para transportá-lo do interior de SP para a capital paulista.

No domingo, a esposa de Asa Branca já havia sido informada pelo médico de que o quadro de saúde dele era irreversível.

Waldemar Ruy dos Santos, o Asa Branca, tem 57 anos, e foi diagnosticado com câncer na boca em 2017. Ele também é portador do vírus HIV, doença descoberta em 2007.

Segundo a família, Asa Branca seria homenageado neste fim de semana com a medalha da Ordem dos Parlamentares do Estado de São Paulo, mas, por conta do agravamento da doença, ele não pode participar.

Jornal Midiamax