Brasil

Ministério da Saúde anuncia parceria com Azul para distribuição da vacina do coronavírus

O ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (9) uma parceria com a Azul Linhas Aéreas para distribuição gratuita de vacinas contra coronavírus para todo país. O ministro da saúde, Eduardo Pazuello, diz que a parceria garante mais celeridade e segurança ao processo logístico de imunização da população brasileira. “O Governo está trabalhando incansavelmente, negociando, estu...

Carolina Rocha Publicado em 09/12/2020, às 16h25

Vinca produzida pela farmacêutica Pfizer. (Foto: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic)
Vinca produzida pela farmacêutica Pfizer. (Foto: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic) - Vinca produzida pela farmacêutica Pfizer. (Foto: Reprodução/REUTERS/Dado Ruvic)

O ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (9) uma parceria com a Azul Linhas Aéreas para distribuição gratuita de vacinas contra coronavírus para todo país. O ministro da saúde, Eduardo Pazuello, diz que a parceria garante mais celeridade e segurança ao processo logístico de imunização da população brasileira.

“O Governo está trabalhando incansavelmente, negociando, estudando, comprando vacinas e insumos para garantir uma vacina rápida e segura. Agora, teremos o apoio da Azul, ao nosso lado, para permitir que a vacina seja distribuída de forma ágil para todos os brasileiros”, afirmou.

O presidente da companhia aérea Azual, John Rodgerson, diz que a empresa colocará à disposição do governo federal toda sua capacidade de distribuição.  “Por meio das operações da Azul Cargo Express, temos a capacidade única de transportar vacinas com segurança e eficiência para cidades e comunidades em todo o país”, afirmou.

A Azul já fez outras parcerias com o Governo Federal, como a Operação Acolhida, que garante a interiorização de imigrantes venezuelanos que vêm ao Brasil por Roraima. Além disso, a empresa já apoiava o governo com o transporte de profissionais de saúde, ventiladores pulmonares, medicamentos e Equipamentos de Proteção Individual para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 para diversos lugares do país.

Para Pazuello, a postura cooperativa da empresa continua surpreendendo. “A Azul já trabalha ao nosso lado há mais de dois anos em missões muito importantes. Por isso, novamente, eles se disponibilizam para ajudar e cumprir esse papel essencial”, avaliou.

Jornal Midiamax