Brasil

Uber começará a banir usuários com avaliação baixa

Se você é usuário do Uber, fique atento às notas que recebe dos motoristas. Os clientes que possuem uma avaliação abaixo de 4 correm risco de terem suas contas no aplicativo suspensas. O recurso está ativo desde junho deste ano, mas estava agindo de forma silenciosa. A nota no aplicativo funciona de 0 a 5. […]

João Victor Reis Publicado em 07/09/2018, às 15h37 - Atualizado às 15h38

Foto Reprodução/Facebok
Foto Reprodução/Facebok - Foto Reprodução/Facebok

Se você é usuário do Uber, fique atento às notas que recebe dos motoristas. Os clientes que possuem uma avaliação abaixo de 4 correm risco de terem suas contas no aplicativo suspensas. O recurso está ativo desde junho deste ano, mas estava agindo de forma silenciosa.

A nota no aplicativo funciona de 0 a 5. Passageiros com nota igual ou inferior a quatro recebem alertas e orientações sobre como aumenta-la. Caso o usuário continue a usar a plataforma, mas mantenha a pontuação baixa, a conta é banida.

Este recurso de banimento do aplicativo ganhou repercussão quando a empresa anunciou publicamente que irá implementar esse recurso a partir do dia 19 de setembro na Austrália e Nova Zelândia.

Segundo o site Veja, a Uber informou que o Brasil foi um dos primeiros países a receber o recurso.

Os motoristas também recebem uma punição similar. Em agosto, a Uber baniu do aplicativo um condutor que abandonou uma passageira cega antes de terminar a viagem, sem informá-la onde estava. A passageira em questão, Nathalia Santos, compartilhou um relato em seu Instagram.

View this post on Instagram

Hoje pela manhã, pedi um carro em um app, como faço todos os dias, para ir ao trabalho. Assim que entrei, informei que sou cega e solicitei que me deixasse exatamente no endereço informado e, logo em seguida, pedi também que desligasse o ar condicionado, mas fui ignorada. 5 min. depois solicitei novamente o desligamento do ar e fiquei falando sozinha de novo. Da terceira vez falei que eu era alérgica e que por isso que estava pedindo… O motorista surtou, disse que se fosse pra desligar, que eu teria que sair do carro porque ele não era obrigado a fazer o que eu pedia… Insisti dizendo que eu era cega e que ele não podia me deixar ali…. Foi quando ele parou o carro, começou a gritar e disse que eu era cega por castigo, desceu do carro, no meio de um lugar que até então eu não sabia onde era e me expulsou do carro dele, aos berros. Não fui forte, só sabia/sei chorar… Estou me sentindo um grão de areia, uma gota d’agua; Muito ruim ficar vulnerável dessa forma, o meu ir e vir está cada vez mais cerceado. Sinto-me, a cada dia que passa, mais dependente diante desse tipo de situação e fico me perguntando até quando precisarei passar por isso? Obs.: Tomarei as providências legais. —- #PraCegoVer: Imagem de fundo preto, escrito “#REVOLTANTE” em letras brancas.

A post shared by Nathalia Santos (@nathaliasantos) on

Como ver sua avaliação

Para verificar sua nota, basta abrir no aplicativo o menu localizado na esquerda da plataforma. A nota estará ao lado de um ícone de estrela. Clicando nela, você poderá ler informações de como essa nota é calculada e dicas de como aumenta-la.

Jornal Midiamax